sábado, 29 de junho de 2013

A vida não é um sonho #31


«Se não podes fazer da vida o que tu queres,
tenta ao menos isto, quanto puderes:
não a disperses em mundanas cortesias,
em vã conversa,
fúteis correrias.

Não a tornes banal
à força de exibida,
e de mostrada
muito em toda a parte
e a muita gente,
no vácuo dia-a-dia que é o deles
- até que seja em ti uma visita incómoda.»  

Constantino Cavafy, "90 e Mais Quatro Poemas", Edições Asa, 2003

4 comentários:

Thiago M. disse...

Gostei!

nAnonima disse...

tambem gostei. muito.

Irmão Karamazov disse...

Emanuella,
roubar-me não se revela árdua tarefa, requer apenas a invenção de uma manobra quase imperceptível, se possível com paciência chinesa.

Uma vénia,
K

Irmão Karamazov disse...

Após algumas tentativas, cheguei a esta receita:
- 2 partes de detergente de loiça para cada parte de água;
- 1 pitada de açúcar;
- Misturar tudo delicadamente.

Nota:
Com um arame faz um círculo e sopra, sopra muito.
Faz bolas de sabão logo após a conclusão da receita pois, algumas horas depois, perde a eficácia.
Para bolas maiores, não sacudas, nem agites a mistura.