segunda-feira, 11 de março de 2013

explicando melhor #5


- Estive a ler um pouco da biografia de Horacio Quiroga... que tristeza... - murmurou nAnonima.

- «As Parcas são, em Roma, as divindades do destino, identificadas com as Meras (Moirai) gregas, de cujos atributos se foram revestindo a pouco e pouco. Na sua origem, as Parcas parecem ter sido, na religião romana, os espíritos do nascimento. Mas este traço inicial cedo se desvaneceu, perante a atração das Meras. São representadas como fiandeiras, medindo a seu bel-prazer a vida dos homens. São, como as Meras, três irmãs: um preside ao nascimento, a outra ao casamento e a terceira à morte.» - leu em voz baixa o Irmão Karamazov.

1 comentário:

nAnonima disse...

a nAnónima agradece as tuas palavras, Irmão Karamazov. irá dormir sobre elas.